Carnaval: 166 mortes nas rodovias federais

No quarto dia da operação carnaval, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabiliza a morte de 37 pessoas nas estradas federais do país, segundo boletim divulgado nesta terça-feira (8). Entre meia-noite e 23h59 da segunda (7), houve 410 acidentes, com 310 feridos. Nos quatro dias da operação, o número de acidentes chega a 3.029 e o de mortos, a 166.

Durante toda a operação carnaval de 2010, que foi realizada entre 0h de sexta-feira (12 de fevereiro) e a meia-noite de quarta-feira (17 de fevereiro), ocorreram 3.233 acidentes e 143 mortes – saldo abaixo do registrado em quatro dias de operação de 2011.

O reforço na fiscalização e no policiamento nas rodovias federais de todo o país se estende até a meia-noite de quarta-feira (9).

Dia da operação Nº de mortes Nº de acidentes Nº de feridos
Sexta (4/03) 37 962 394
Sábado (5/03) 58 1.046 555
Domingo (6/03) 34 611 524
Segunda (7/03) 37 410 310
Total 166 3.029 1.783
Fonte: PRF

Na segunda-feira, a PRF realizou 5.867 testes de alcoolemia – popularmente chamado de bafômetro –, sendo que em 184 deles o resultado foi positivo para o consumo de bebida alcoólica,.

Com isso, 85 pessoas foram presas por embriaguez. Ao todo, foram fiscalizados 27.639 pessoas e veículos ao longo de 66 mil quilômetros de rodovias federais que cortam o país.

Apreensão de carteiras

Durante a operação desta segunda-feira, a Polícia Rodoviária Federal recolheu 186

carteiras de habilitação. Segundo nota, a maior parte das ocorrências tratava-se de crimes de trânsito e suspeitas de falsificação.

Acidente no sábado

Todos os números de sábado são maiores que os da sexta-feira. Isso porque, o boletim da PRF inclui as mortes ocorridas na BR-282, quando 26 pessoas que estavam em um ônibus que seguia de Santo Cristo (RS) para Marechal Rondon (PR) perderam a vida após colidir em um caminhão que transportava madeiras

Mortes no Ceará

Desde do início da operação das Polícias Rodoviárias, na tarde da sexta-feira (04), já foram registrados 112 acidentes.

Só nas BRs foram 57 acidentes, com 43 feridos e 2 vítimas fatais. Já as CEs contabilizaram, até agora, 65 acidentes com 66 feridos e 8 vítimas fatais.

O número de mortes, segundo a Polícia Rodoviária Estadual, já é maior do que o registrado em todo o feridão de 2010.

O último caso deste ano aconteceu na madrugada desta terça-feira (08), no Iguape. Após bater numa caminhonete, o motorista de um carro morreu no local. No veículo, havia excesso de passageiros.

Acidentes de moto aumentam estatística

O Instituto Doutor Jose Frota (IJF) divulgou, nesta terça-feira (08), boletim sobre número de atendimentos.

Mais uma vez, acidentes com motocicletas predominam neste período de Carnaval, em termos de pacientes.

São mais de 800 atendimentos já registrados, número que surpreende os profissionais que montaram um esquema de plantão com 35 médicos a cada 12 horas de plantão.

Os dados gerais só serão divulgados na manhã desta quarta-feira (09).

Interior

Da última sexta-feira, 4, até a madrugada desta terça-feira, 8, foram registrados 25 homicídios no interior do Ceará. De acordo com informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), de segunda-feira até hoje, nove ocorrências foram anotadas.

Quixadá

Prisão por homicídio às 1h30min. Antônio Gomes, 44, foi morto por um gargalo de garrafa pelos irmãos Keldigldieod Rodrigues da silva, 18, e Kleudcleiton Rodrigues Sivla , 17. O fato ocorreu após uma discussão entre o coveiro e os irmãos em um bar.

Quixeré

Duplo homicídio a bala. Ontem por volta das 17h50, na barragem de Quixeré, Antônio José de oliveira da silva – conhecido como Toinho da Carminha – e Maria do Carmo de Oliveira, 22, foram assassinados por um jovem com aparência de 25 anos, segundo testemunhas. A polícia suspeita de crime motivado por vingança.

São João de Jaguaribe

Homicídio a bala. Ontem, por volta das 23h, José Neto Vitor da Silva – agricultor, 31, foi alvejado com dois tiros na cabeça pelo sobrinho do proprietário da residência onde ele se encontrava.

Barbalha

Homicídio por estrangulamento. Hamilton Bezerra Ferreira, 31, chegou ao hospital, por volta das 22h40min, alegando que a esposa Natália Alexandrina de Viera, 22, tinha sofrido um acidente de moto. Entretanto, após perícia, foi constata esganadura. Hamilton foi preso.

Acopiara

No Sítio floresta, homicídio a faca – ontem por volta das 16h30min Cícero Cosmo da Silva, 46, agricultor encontrava-se bebendo com três pessoas Rudgrê, Antônio Filho, e Luis Rufino, após uma discussão, um deles, ainda não identificado, deferiu uma perfuração no pescoço de Cícero.

Aurora

No sábado, por volta das 18h36min, Eudirlânio Bernardo de Lima, chamado de Capitu, matou Messias Nascimento dos Santos com 34 golpes de faca. Eudirlânio foi preso ontem.

Acaraú

No último dia 6, por volta das 21h30, localidade Aranaú, foi encontrado um corpo com uma perfuração no pescoço. O corpo foi identificado como João batista do Nascimento, 43, casado, vendedor – a polícia suspeita de João Odécio de Souza, 48, conhecido como Pazê. Depois de algumas diligências feitas pela polícia, Pazê foi preso na última segunda-feira, 7, por 5h20min.

Itarema

Homicídio a faca em Itarema. Na madrugada desta terça-feira, 8, no bairro Lagoa Seca, por volta3h30min da manha. Orlando Filho Ferreira, 58, foi socorrer o irmão que estava sendo agredido pelo próprio filho.O sobrinho da vitima Ângelo Maximo dos santos, acertou três golpes na vítima. Em seguida, fugiu

Inhamuns

Na Região dos Inhamuns, o domingo de carnaval foi de tranquilidade. 3 Municípios estão promovendo a Festa Momina. Em Aiuaba, ocorreu um homicídio no sábado, mas o autor foi identificado e está foragido. Em Catarina, houve registro de um porte ilegal de arma na noite deste domingo.

Já em Tauá, a quarta noite do Tauá Folia 2011, a exemplo das demais, foi marcada pela paz e a tranquilidade, apesar do grande número de foliões presentes na Avenida Iluminada, no Centro da Cidade. Pra se ter uma idéia, os Policiais do Ronda do Quarteirão, que estiveram de plantão durante toda a noite, informaram que nenhuma prisão foi efetuada.

O Tauá Folia 2011 termina na madrugada desta quarta-feira, 09.

Quarta-feira de Cinzas

Posted: 09/03/2011 in Opinião
Etiquetas:, , , , ,

quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário cristão ocidental. As cinzas que os cristãos católicos recebem neste dia é um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte.

Ela ocorre quarenta dias antes da Páscoa sem contar os domingos ( que não são incluídos na Quaresma) ou quarenta e seis dias contando os domingos. Seu posicionamento varia a cada ano, dependendo da data da Páscoa. A data pode variar do começo de fevereiro até à segunda semana de março.

Alguns cristãos tratam a quarta-feira de cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade da própria mortalidade. Missas são realizadas tradicionalmente nesse dia nas quais os participantes são abençoados com cinzas pelo padre que preside à cerimónia. O padre marca a testa de cada celebrante com cinzas, deixando uma marca que o cristão normalmente deixa em sua testa até ao pôr do sol, antes de lavá-la. Esse simbolismo relembra a antiga tradição do Médio Oriente de jogar cinzas sobre a cabeça como símbolo de arrependimento perante Deus (como relatado diversas vezes na Bíblia). No CatolicismoRomano é um dia de jejumabstinência.

Como é o primeiro dia da Quaresma, ele ocorre um dia após do carnaval. A Igreja Ortodoxa não observa a quarta-feira de cinzas, começando a quaresma já na segunda-feira anterior a ela.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Depois de quatro dias de assaltos nas ruas e arrombamento de casas; pessoas bebendo e usando droga desbragadamente e com isso matando-se por discussões ou em acidentes, dada à imperícia dos motoristas alcoolizados; jovens imaturos praticando sexo irresponsável, contraindo doenças ou gravidez indesejável; os pobres que vivem a reclamar dos salários, para nivelar-se aos que têm mais, comprando abadás, fantasias de blocos que custam 100, 150, 200 ou até 800 reais. Veja 10 Curiosidades sobre o carnaval

Chegou o Dia das Cinzas, ou a Quarta-feira de Cinzas como é popularmente conhecida. um dia dedicado ao arrependimento falso e reflexão a cerca da efemeridade da vida humana. Eu pergunto: como é que alguém que arriscou sua vida, saúde e família durante quatro dias ou mais, vai refletir sobre a brevidade humana neste mundo? E arrependimento de que, se todos os anos é a mesma coisa?

O vídeo abaixo mostra um pouco da ilusão do carnaval, que não tem nada haver com diversão, e sim com comércio e lucros.

Que bom que já acabou. Para quem teve perdas durante este carnaval (parentes e amigos) que o Senhor te dê o consolo necessário nas horas de maior angústia e que você perceba que as coisas deste mundo são apenas ilusões passageiras que nos custam muito caro. E que você também encontre o Dom gratuito de Deus que é a Vida Eterna em Cristo Jesus Nosso Senhor (Romanos 6.23).

Boca Poderosa

Posted: 03/03/2011 in Devocional, Estudos, Humor?!?
Etiquetas:, , , , ,

A morte e a vida estão no poder da língua (Prov l8; 21). Precisamos de tomar cuidado para não desonrarmos ao Senhor com as nossas palavras; é que por meio delas seremos justificados ou condenados (Mat 12; 36,37).

A velha natureza está sempre activa em nós, se não vigiarmos. Temos necessidade da exortação do apóstolo Paulo para não provocarmos, para não sentirmos inveja, para não julgarmos os outros.

Como estamos prontos para falar mal, e mesmo murmurar uns contra os outros, em vez de actuarmos com graça, reconhecendo as nossas faltas e sobretudo orarmos uns pelos outros (Gál 5; 26, Rom 14; 3, Tiago 4; 11 e 5; 9-16).

No tocante aos nossos pensamentos e sentimentos mútuos, devemos seguir igualmente o exemplo deixado pelo Senhor Jesus Cristo. Devemos ser submissos (sujeitos) uns aos outros, revestidos de humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo (Col 3; 12, 13).

«Revesti-vos, suportai-vos, perdoai-vos»
O revestimento (vestir de novo) o novo homem, a nova criatura não é algo que o crente deva construir pelo seu próprio poder. A sua nova identidade toma forma à medida que vai conhecendo melhor ao Senhor. O bom relacionamento do crente com Ele, torna-o apto e pronto a ser tolerante, a perdoar e a amar de verdade.

«Aquele que diz que ama a Deus e aborrece a seu irmão é mentiroso» (I Jo 4; 20). Aquele que diz que não pode perdoar, está a condicionar a acção do Espírito Santo.

«Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração…» (Tiago 1; 26).

Como cidadãos de uma pátria celestial, somos chamados à prática de uma conduta santa e ao exercício de uma linguagem sã que promova a edificação.

Há quem se glorie em proferir disparates!

A língua é um instrumento de grande poder, ela pode afectar a nossa vida, ela é como um fogo que descontrolado pode causar uma grande tragédia. E a tragédia é que todos temos uma língua que instila veneno, que nem sempre sabemos usar e que nenhum homem pode domar (Tiago 3; 8).

O esforço humano por si só não é suficiente. Ela só pode ser controlada pelo poder de Deus.

Não ignoremos que as más conversações, a blasfémia, o mexerico, a malícia, a mentira, o juramento falso, têm o poder de arruinar, manchar, e corromper todo o carácter moral de uma pessoa ou comunidade.

Os crentes são aconselhados a despojar-se de atitudes e emoções conducentes a uma linguagem destrutiva.

A ira, a cólera, e a malícia são panelas de pressão que rebentam em palavras que magoam e destroem.

Assim, toda a linguagem que ameace destruir o ser humano deve ser evitada, mesmo extirpada.

Na comunidade cristã, convém que sejamos de um mesmo sentimento, pois se assim não for, como podemos cooperar uns com os outros e promover a edificação do Corpo de Cristo?Amar o nosso próximo, passa, implicitamente, por respeitá-lo ainda que com os seus pontos de vista porventura diferentes do nosso e orar por ele. Senão vejamos mais uma vez o conselho da Palavra de Deus em I Pedro 3.8-10.Cuidado! Pagar com a mesma moeda, responder à letra, tornar mal por mal, não é de modo nenhum prerrogativa do verdadeiro filho de Deus. Rom.12. 9-21,mas antes da criatura sem Deus.

Sejam sempre agradáveis as nossas palavras, visando a paz, a união e a felicidade de todos.
Refrigério Edição n.º 118 – Setembro/Outubro 2007
Autoria: Samuel da Silva Oliveira

 

O coração ansioso deprime o homem, mas uma palavra bondosa o anima. Provérbios 12:2526;
Assim diz o SENHOR à nação de Israel: “Busquem-me e terão vida. Amós 5:4

Era noite. As portas da prisão na qual Paulo e Silas estavam encarcerados estavam trancadas. Os pés dos prisioneiros haviam sido amarrados no tronco. Qualquer tentativa de fuga era impossível; contudo, “de repente, sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos” (Atos 16:26). O carcereiro acordou e, ao ver as portas abertas, teve muito medo. Pensou na fuga dos prisioneiros, em sua responsabilidade, em sua carreira destruída e em sua reputação arruinada. Logo “tirou a espada e quis matar-se”.

Quase vinte séculos se passaram desde então. E ainda hoje, homens e mulheres desesperados só veem uma saída: tirar a própria vida. Para dissuadi-los de cometer um erro irreparável, só podemos repetir o que o apóstolo Paulo disse ao carcereiro: “Não te faças nenhuma mal”. Uma espada não libertaria aquele homem; só Deus poderia lhe dar força para viver. Então exclamou: “Que é necessário que eu faça para me salvar? E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo”. E em seguida o carcereiro recebeu a verdadeira libertação. Foi salvo da morte eterna. Recebeu a própria vida completamente nova, graças à fé no Filho de Deus. Isso também está disponível para você hoje, portanto, “não te faças nenhum mal”. Tome a mesma decisão do carcereiro: receba o Autor da vida.

 

O Toque de Deus

Posted: 02/03/2011 in Devocional

Posso pedir-lhe que olhe para sua mão por um momento? Olhe as costas, depois a palma. Torne a familiarizar-se com seus dedos. Passe o polegar pelos nós dos dedos.

O que acharia de alguém filmar um documentário sobre suas mãos? E se algum produtor quisesse contar sua história baseando-se na vida de suas mãos? O que veria? Igual ao de todos nós, o filme começaria com um punho infantil, depois uma visão em primeiro plano de uma pequena mãozinha agarrando-se ao dedo da mamãe. Depois o quê? Agarrando-se a uma cadeira enquanto você aprendia a andar? Agarrando uma colher quando aprendia a comer?

Não se passaria muito tempo na trama antes que se visse a sua mão demonstrando afeto, acariciando a face do pai ou do cachorro. Também não passaria muito tempo para que sua mão fosse vista agindo agressivamente: empurrando seu irmãozinho menor, ou arrebatando-lhe um brinquedo. Todos nós aprendemos que a mão é muito apropriada para a sobrevivência; é uma ferramenta de expressão emotiva. A mesma mão pode ajudar ou machucar, estender-se ou fechar-se num punho, levantar alguém ou empurrá-lo para que caia.

Se mostrar esse documentário a seus amigos, você se sentirá orgulhoso de alguns momentos: sua mão estendendo-se com um presente, colocando um anel no dedo de outra pessoa, curando uma ferida, preparando uma comida ou juntas em oração. Porém há também outras cenas. Quadros de dedos acusadores, machucando em lugar de amar. Mãos que tomam mais do que dão, exigindo em lugar de oferecer, machucando em vez de amar. Ah, o poder de nossas mãos. Deixe-as sem controle e se convertem em armas; aferrando para o poder, estrangulando para sobreviver, seduzindo pelo prazer. Porém bem manejadas, nossas mãos podem ser instrumentos de graça: não só instrumentos nas mãos de Deus, mas sim as próprias mãos de Deus. Renda-as e esses apêndices com cinco dedos se convertem nas mãos do céu.

Foi isso o que Jesus fez. Nosso Salvador rendeu completamente suas mãos a Deus. O documentário de suas mãos não tem cenas de cobiça monopolizando, nem dedos acusando sem base. O que se tem é uma cena após outra de pessoas que anelam fervorosamente seu toque compassivo: pais carregando seus filhos, o pobre trazendo seus temores, o pecador levando nas costas sua aflição. Cada um que chega recebe o toque. Cada um que é tocado, muda. Mas nenhum foi tocado ou mudado mais que um leproso anônimo, segundo Mateus 8 Quando Jesus desceu do monte, muita gente o seguia. Então se achegou um leproso e se prostrou diante dEle, dizendo: “Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo”. Jesus estendeu a mão e o tocou, dizendo: “Quero, sê limpo”. E no mesmo instante sua lepra desapareceu. Então Jesus lhe disse: “Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho” (Mateus 8:1-4, ACF). Max Lucado, Simplesmente como Jesus. pág 20

Deixe-se usar por Deus e farás realmente a diferença nesse mundo. Precisamos de mais mãos amigas, mãos calejadas da Obra, mãos que afagam ao invés de acusar. Peça ao Senhor que torne suas mãos ungidas para abençoar, para curar, para levantar e que elas jamais deixem o arado.

Cinismo Perigoso

Posted: 10/01/2011 in Devocional

Morreu também o rico e foi sepultado… E, clamando, disse: ... estou atormentado nesta chama. (Lucas 16:22, 24).

 Um sucateiro chegou com seu caminhão e negociou o preço das peças de metal que meu avô recolhera. Quando fecharam o negócio e a carga já tinha sido colocada no caminhão, meu avô perguntou: “Você já obteve o perdão dos seus pecados?” O sucateiro apenas sorriu. Meu avô continuou: “Se não conhece o Filho de Deus, você estará perdido por toda a eternidade.” O comerciante então fez um comentário cínico: “Se é assim, eu vou entregar carvão para o diabo com meu caminhão.” Eu fiquei estarrecido com o rumo da conversa. Será que aquele homem realmente acreditava que o lago de fogo é um lugar onde o diabo domina e que poderia continuar a vida indiferente a Deus ou à mensagem do evangelho?

O diabo ainda não está no lago de fogo, nem o homem rico do qual o Senhor Jesus fala no versículo de hoje. O julgamento final ainda irá acontecer. Mas, enquanto isso, no reino dos mortos, o homem rico era atormentado nas chamas. Durante a vida, ele se recusou a crer que Deus era justo e santo e que o julgaria por causa de seus pecados. Agora ele sabia da realidade e sua alma sofria os resultados.

O Senhor Jesus descreveu o lago de fogo com as palavras “tormento eterno” (Mateus 25:46) e “a ira de Deus sobre ele permanece” (João 3:36). Esse é um horripilante futuro para os que não creem no Senhor Jesus. Mas para os que colocam sua fé nEle e O recebem como Salvador e Senhor têm a segurança de que o Senhor Jesus suportou a ira de Deus e a punição que nossos pecados mereciam na cruz do Calvário. Dessa forma, “agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito” (Romanos 8:1).

Samuel Nyströn

Posted: 23/12/2010 in Quem foi?!?

Erik Gustaf Samuel Nyström chegou ao Brasil em 1916. Ele foi um dos primeiros missionários suecos pentecostais em terras brasileiras. Em 1924, quando o pioneiro Gunnar Vingren, fundador da Assembleia de Deus no Brasil, teve de deixar a direção da igreja em Belém do Pará para dirigir o então incipiente trabalho no Rio de Janeiro, o missionário Samuel Nyström, enviado ao Brasil pela Igreja Filadélfia em Estocolmo, Suécia, assumiu a liderança da igreja paraense no lugar de Vingren.

Nyström foi o instrumento usado por Deus na nova fase de crescimento da obra no Pará. Foi ele quem idealizou, inaugurou e dirigiu a primeira Escola Bíblica de Obreiros em Belém. Em 30 de outubro de 1926, inaugurou o primeiro templo-sede da Assembleia de Deus em Belém, na presença de 1,2 mil pessoas. Em 1927, deu início ao movimento beneficente em favor das viúvas de pastores.

Em 1930, despediu-se de Belém em direção ao Rio de Janeiro, deixando em seu lugar o missionário Nels Nelson. Nyström já havia visitado o Rio em abril de 1925. Era, como os registros da época relatam, um obreiro companheiro e maduro, e conhecido como grande pregador e ensinador. Conta-se que ele falava, além do sueco e do português, inglês, francês e alemão fluentemente, conhecia o texto bíblico nos originais grego e hebraico, e era exímio doutrinador. É autor do livro Jesus Cristo, Nossa Glória, publicado pela CPAD, e de alguns hinos da Harpa Cristã. Sua vinda foi uma grande conquista para a obra no Brasil.

Em 14 de agosto de 1932, Samuel Nyström substituiu Gunnar Vingren na direção da igreja no Rio de Janeiro. O trabalho, como era de se esperar, continuou crescendo. Nesse período, a Assembleia de Deus que mais crescia no país passou a ser a do Rio.

Nyström presidiu a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) na maior parte dos anos 30 e 40. O ano de 1943 ficaria para sempre lembrado como o ano da evangelização e do ensino bíblico na AD no Rio de Janeiro. De março a maio daquele ano, a igreja distinguiu-se pelas intensas atividades evangelísticas, que aumentaram de forma patente o número de membros da igreja. Quanto ao ensino, a Escola Bíblica daquele ano foi considerada uma das mais expressivas de todas, pela qualidade e eficiência da instrução.

Em 1944, a AD do Rio de Janeiro completava 20 anos de existência. Liderada pelo pastor Samuel Nyström, ela realizou um dos acontecimentos mais notáveis de sua história. No dia 24 de junho de 1944, todos os membros foram mobilizados e em uma hora foram distribuídos na capital cerca de 200 mil folhetos e igual quantidade de evangelhos. Centenas de irmãos percorreram as ruas da cidade distribuindo a literatura evangelística, numa das melhores comemorações de aniversário da AD no Rio em todos os tempos.

Em 1960, quando já estava de volta à Suécia, Samuel Nyström partiu para pátria celestial. Ele deixou saudades tanto aos obreiros brasileiros como aos suecos, e um exemplo de vida ministerial que jamais será esquecido. (Revista Ensinador Cristão, nº 45, CPAD – pág 17)