Arquivo de Abril, 2011

“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim”. Jo 14. 1e6

“Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus”. 1Tm 2.5

Sim, Jesus Cristo é o único caminho até Deus. Não pense que você pode ser salvo por suas intenções nobres, seus esforços perseverantes ou suas boas obras desinteressadas. Isso não é possível. A salvação vem somente “por meio da fé em Jesus Cristo” Ef 2.8. Você não é autor de sua salvação; ela é um dom de Deus: apenas a soberana graça divina pode fazê-lo escapar de Seu justo e legítimo juízo.

Isso, sim, é uma boa nova, não é? Então, receba-a com gratidão. Desenvolva uma atitude de aceitar:

  • Que a Bíblia é um sólido fundamento para a fé e a esperança, porque é a Palavra de Deus;
  • Que Deus é o Criador de todas as coisas e que não somos produto do acaso;
  • Que somos pecadores e que nada na terá pode aplacar minha sede de verdadeira felicidade;
  • Que Deus nos amou tanto que deu Seu Filho unigênito, Jesus Cristo, para que suportasse em meu lugar o juízo que eu merecia;
  • Que só há salvação em Jesus Cristo e que não existe outro nome debaixo do ceu pelo qual podemos ser salvos. At 4.12

Se você passará a eternidade com Deus ou longe dEle só depende de sua decisão agora. Você não sabe o que irá acontecer amanhã e nem daqui há um minuto. Portanto, não despreze mais este convite do Salvador.


“Assim nós que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros”. Rm 12.5

“Um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos”. Mt 23.8


Créditos da Imagem

Os membros de um clube ou associação estão vinculados entre si porque querem, porque estão de acordo com as metas propostas ou porque aceitaram as regras de conduta adotadas.

O caso dos redimidos é muito diferente; estão unidos entre si não por sua vontade, mas porque têm uma relação comum com Deus (Pai, Filho e Espírito Santo).

O Pai: os que creem em Jesus Cristo, que morreu por eles na cruz recebem o direito de serem chamados “filhos de Deus” (Jo 1.12). Sendo membro dessa família, cada cristão salvo é irmão dos demais salvos.

Jesus Cristo: o filho de Deus: é o meu Salvador, como o é de cada um dos meus irmãos salvos. É também meu Senhor, de quem sou discípulo e a quem sirvo. Ele disse: “Um novo mandamento vos dou; que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis” (Jo 13.34). Além disso, sou membro do corpo de Cristo, unido de maneira inseparável aos demais membros (1Co 12.12-27).

O Espírito Santo nos dá consciência de que nós, “santificados em Cristo, estamos unidos em um só corpo” (1Co 12.13)

já que nossas relações fraternais têm sua fonte em Deus, que cuidado deveríamos ter a fim de viver para a glória de Deus e para o bem dos demais membros do corpo de Cristo.

Uma pena que muitos cristãos já perderam a noção de corpo e participam apenas da instituição. Defendem a denominação e esquecem de defender o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. Se esquecem que um corpo incompleto não funciona bem e simplesmente vão amputando os membros e ficando com o corpo mutilado.

Que bom seria se tomássemos essa consciência de que “somos corpo, assim bem ajustado, totalmente ligado, unido, vivendo em amor…” como na canção que em poucas ocasiões ainda se canta nas igrejas.

É hora de tomar uma decisão. Você faz parte do corpo de Cristo. Então se você é olho, veja. Se é ouvido, ouça. Pare de dizer que o corpo necessita mais de você e menos dos outros membros. Desempenhe seu papel assim o corpo não padecerá.