Perdoar Pra Viver

Posted: 18/03/2011 in Devocional, Uncategorized
Tags: , , , , , , ,

Amargura

Perdoar àqueles que nos magoam não é nada fácil. Nunca foi e nunca será. É difícil arrancar dos nossos corações a imagem do sofrimento que alguém nos proporcionou, principalmente quando as feridas ainda estão sangrando. Vivemos dizendo que é preciso amar, perdoar, compreender, dar o outro lado… etc. Afinal foi o que Jesus fez, não foi? Mas todos sabemos que na prática não é simples assim e às vezes a mágoa perdura por anos.

A raiz de amargura cresce em nosso coração como uma grande e grossa raiz de mandioca. E que podemos fazer? Até desejamos limpar nosso coração, mas não dá. Perdoar não é fingir que está tudo bem. Travamos um duelo contra nós mesmos: “Praticamos o amor e o perdão, ou lutamos por “merecida justiça”?” Em certas ocasiões o amor parece ser injusto, pois quem ama, segundo a Palavra de Deus, tudo sofre, tudo espera, tudo crê e tudo suporta, não suspeita mal e nem busca os próprios interesses (1 Co 13).

Isso é totalmente contrário à cultura hedonista dos dias atuais onde viver é somente desfrutar o máximo possível dos encantos que a vida oferece, e o amor está condicionado ao prazer que alguém pode me proporcionar.

Pensamos: “Mas sou EU que estou no prejuízo e MEU coração que foi ferido”. Quando centralizamos muito no “meu”, e no “eu” nos afastamos da natureza de Deus e nos aproximamos da de Satanás. É isso mesmo ele foi o primeiro a elevar o ego. Tenha cuidado! Pensamentos egoístas levam a conseqüências desastrosas.Mas o que isso tem haver com mágoa?

TUDO!

O perdão somente se tornará possível quando pararmos de pensar em nós mesmos, nas feridas, na dor e no sofrimento que nos foi causado. É a essência de 1 Coríntios 13. Se observarmos as melhores obras nada são sem amor. É apenas barulho, papo furado! E não há nada que expresse melhor o amor do que o perdão. É assim que explicamos o amor de Deus para conosco, não é? Reforço: perdoar não fingir que está tudo bem para depois dar o troco.

Amado leitor já vivi (e vivo) situações dolorosas que tenho de suportar em silêncio e aguardar a providência de Deus. E isso não vem de pessoas ímpias que não conhecem a Deus (antes fosse), mas dos meus próprios irmãos, que estão próximos e que se assentam comigo. Confesso (não sou de ferro) que tem horas que a gente não suporta a dor do momento e pensa em fazer justiça. Saiba que o inimigo usa pessoas para cometerem pecados contra a nossa integridade, moral e vida. O que nós não podemos, é entrar nesse jogo sujo de satanás. Ora, Pedro alerta que não há glória nenhuma em sofrermos pelo mal, mas se sofremos por causa da consciência para com Deus, isso é coisa agradável. (1 Pe 2.18-23). Nossa luta não é contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os contra os príncipes das trevas deste século (Ef 6.12). “E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?” Lc 18:7

Quando sou afrontado, apesar das dores e decepções, penso que a afronta é contra a imagem e semelhança de Deus, então deixo a justiça para Aquele que julga justamente. DEUS.

A justiça do homem é vã, pois ele busca seus próprios interesses, e normalmente é motivada mais pelo desejo de vingança do que pela justiça em si. Como posso julgar o meu próximo se também sou pecador, sou por acaso juiz ou justo para assim fazer? Não. Não. E não.

Remoer as mágoas que nos causaram nos torna pessoas estressadas, depressivas, ansiosas e mais sensíveis as doenças, infecções e alergias.

Perdoar alguém não significa que o que essa pessoa te fez não causou sofrimento, mas sim que a vida não pode parar por conta disso. E também temos que saber que ninguém é perfeito, e assim todos podem cometer erros intencionais ou não, mas a atitude de libertar é libertadora e passa por cima de tudo isso. Guarde seu coração de todo e qualquer sentimento menos digno, na certeza de que se assim o fizer, estará preservando sua paz interna. Se liberte agora mesmo de todos os rancores e mágoas que fazem parte da sua vida e tenha uma saúde melhor em Cristo Jesus Nosso Senhor.

Comentários
  1. Pr.Antonio Marcos diz:

    A paz de cristo meu jovem!
    quando sua noiva Waléria me indicou seu blog não sabia que aqui encontraria tamanho talento. O Brasil, a igreja e o mundo precisam de jovens assim como você. Meus parabéns meu jovem! fico bastante contente em saber que ainda existem pessoas como você, a favor da verdadeira e preciosa palavra de Deus. Sei que Deus assim como eu fica bastante feliz com o seu trabalho. Continue assim e verás a maravilhas do senhor em tua vida.
    Paz de Cristo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s