Ainda Não é o Fim

Posted: 19/06/2010 in Devocional
Seguir em frente é algo que faz parte da humanidade. Fomos criados para isso. Mesmo diante das maiores tragédias da vida encontramos um meio de continuar. Não são poucos os erros que cometemos na vida, pensamos ser o fim e desistimos de continuar. Mas a Bíblia nos mostra que o fim é só o começo.
 Imagine por um pouco de tempo comigo: Na cela escura de uma prisão se encontra um homem com a alma mais sombria que o ambiente e com o coração encardido pelo erro. Foi julgado e condenado a morte e sua pena era justa, pois ele havia cometido vários crimes. Imagine estava a cabeça deste homem ao pensar no que poderia ter feito da vida e não fez, mas, agora, era tarde demais.
Ao amanhecer ouve o estrondo da porta abrindo os soldados com a delicadeza de um rinoceronte o levantam. Chegou a sua hora, seria exposto sobre uma cruz para satisfazer o desejo de vingança daqueles a quem ele ofendeu. Era o fim para ele, uma vida inteira que poderia ter sido livre, agora estava ali a caminho da morte. Ele vê pessoas meneando a cabeça, é cuspido e surrado. Ele sente os cravos rasgando suas carnes, suas fibras ardem em chamas. Morte é o que restava no gólgota – isso mesmo o lugar da caveira.
Ele nunca soube que havia um plano de Deus em sua vida, nunca pensou que teria um encontro com Filho de Deus justamente no momento mais crucial de sua vida.
As cruzes são levantadas, tenta manter a respiração, ao seu lado, crucificado um que, ao avesso dele, não possuía culpa nenhuma, pelo contrário, estaria morrendo no lugar de outro (a humanidade). Este mesmo, chamado Jesus, que em três anos e seis meses anunciou o Reino de Deus com poder e autoridade e teve seu nome e obra divulgados por toda a região, agora ali na mesma condição de um malfeitor. Ninguém chora a morte de malfeitores.
 
“Não vai fazer diferença! Vou morrer mesmo!” Pensou ele proferindo blasfêmias ao Mestre Amado. Jesus diz: “Pai, perdoa-lhes, não sabem o que fazem”. Estas palavras atingem seu peito como uma bala de canhão.
 
Nosso personagem não entende como alguém que está sendo humilhado e injustamente crucificado roga perdão ao Pai. Isso lhe toca o coração. Por um momento o olhar está fixo no nazareno e reconhecendo nele o Cristo diz: “Mestre, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino”.
Esforçando-se para fitar-lhe os olhos, Jesus responde: “Em verdade te digo, ainda hoje estarás comigo no paraíso”. Jesus garante uma entrada ao Paraíso, não pelos fundos, mas pelas portas de honra. Os santos estão lá e agora o malfeitor também.
 
O que parecia ser o fim tornou-se num lindo recomeço. Parece que o malfeitor tentou se regenerar um pouco tarde, mas, não foi. Sem reservas, sem preconceito, sem exigências foi-lhe dado o Reino dos Céus.
 
E você, caro leitor, pode estar sendo crucificado por seus erros, erros tolos. Você sente vergonha, medo, ouve os passos frios da morte se aproximando. Jesus quer fazer um milagre na tua vida. Se você pedir, Ele levará sua culpa. Se estiveres passando por densas trevas, pela manhã o sol da justiça vai raiar e clarear o teu coração e a alegria renascerá. Não desista, apenas creia que é possível recomeçar em Cristo Jesus.
 

Se estamos errados. Ele está certo.

Se pecamos. Ele é o salvador.

Se precisamos de graça. Ele nos dará.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s